Brasil

Superlotação faz cadeiras virarem leitos para crianças doentes em hospital

A superlotação do Hospital Infantil de Vitória, no Espírito Santo, e a infraestrutura precária da unidade estão fazendo crianças doentes esperarem por atendimentos médicos em cadeiras de plástico [Leia mais...]

[Superlotação faz cadeiras virarem leitos para crianças doentes em hospital]
Foto : Arquivo pessoal / Reprodução/ G1

Por Luiza Leão no dia 01 de Abril de 2017 ⋅ 11:30

A superlotação do Hospital Infantil de Vitória, no Espírito Santo, e a infraestrutura precária da unidade estão fazendo crianças doentes esperarem por atendimentos médicos em cadeiras de plástico. Denunciada pelo G1, a situação é tão crítica que os pequenos pacientes dividem até espaços nas macas. Alguns chegam a ser atendidos no colo dos familiares. Existem apenas 146 leitos no centro médico.

De acordo com a mãe de uma criança que precisou de atendimento, o filho de apenas seis anos foi atendido para tratar uma gastroenterite em duas cadeiras plásticas, onde ficou deitado para tomar soro. Segundo a mãe da criança, a precariedade do hospital, que apesar de ter médicos atenciosos, assusta. 

Em outubro de 2016 os médicos desse hospital já haviam denunciado a superlotação, colocando um cartaz na entrada da unidadde para avisar que o pronto-socorro estava lotado. Ao site, o Presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Otto Fernando Baptista, afirmou que a superlotação já acontece há tempos. 

De acordo com o diretor-geral do Hospital Estadual Infantil de Vitória, Nélio Almeida dos Santos, a unidade vai abrir mais 70 vagas, porém não há uma data definida para isso.

Notícias relacionadas