Brasil

FMI diz que o Brasil crescerá menos que a média sul-americana

O Fundo Monetário Internacional (FMI), informou nesta terça-feira, que o 'Brasil crescerá menos do que a média dos países da América do Sul em 2017 e em 2018', com desempenho melhor 'do que a Venezuela e o Equador, países que vêm sofrendo fortemente com a queda nos preços do petróleo'. [ Leia mais…]

[FMI diz que o Brasil crescerá menos que a média sul-americana]
Foto : Agência Brasil

Por André Teixeira no dia 18 de Abril de 2017 ⋅ 11:21

O Fundo Monetário Internacional (FMI), informou nesta terça-feira, que o Brasil vai crescer menos que a média dos países da América do Sul em 2017 e em 2018, com desempenho melhor 'do que a Venezuela e o Equador, países que vêm sofrendo fortemente com a queda nos preços do petróleo'. 

Segundo o relatório Perspectiva Econômica Global, divulgado pela revista Exame: 'o Brasil só ganha da Venezuela e do Equador, que deverão ver suas economias encolhendo 7,4 e 1,6 por cento neste ano, respectivamente'. O FMI diz ainda que 'o melhor desempenho deve vir da Bolívia, com crescimento de 4 por cento em 2017'.

O FMI aponta que 'o crescimento do Brasil em 2017 será inferior ao das economias emergentes, cuja alta esperada é de 4,5 por cento', e destacou 'a necessidade de reformas que possam impulsionar o crescimento potencial do país e que poderiam melhorar a qualidade de vida da população, após a longa recessão enfrentada pelos brasileiros'.

Notícias relacionadas