Brasil

Morre guarda que ateou fogo e matou crianças em creche de Minas Gerais

O guarda que matou uma professora e quatro crianças em uma creche em Janaúba, no Norte de Minas Gerais, nesta quinta-feira (5), após jogar álcool nas vítimas e atear fogo ao próprio corpo, morreu horas depois da tragédia, por volta das 14h50. [Leia mais...]

[Morre guarda que ateou fogo e matou crianças em creche de Minas Gerais]
Foto : Polícia Civil/Reprodução

Por Laura Lorenzo no dia 05 de Outubro de 2017 ⋅ 15:46

O guarda que matou uma professora e quatro crianças em uma creche em Janaúba, no Norte de Minas Gerais, nesta quinta-feira (5), após jogar álcool nas vítimas e atear fogo ao próprio corpo, morreu horas depois da tragédia, por volta das 14h50.

Damião Soares dos Santos era funcionário efetivo da prefeitura desde 2008. A gestão municipal de Janaúba informou que o guarda pediu afastamento no mês de setembro alegando problema de saúde e foi à creche, nesta quinta, entregar o atestado médico, quando cometeu o crime. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

De acordo com a assessoria do Hospital Regional do município, cerca de 40 pessoas foram atendidas pela unidade. Do total, 25 delas foram internadas com queimaduras e 15, que estavam em estado de choque, já foram liberadas.

Notícias relacionadas