Brasil

Braço direito de Nuzman,Leonardo Gryneré solto neste sábado

O ex-diretor de operações do comitê Rio 2016 e braço-direito do ex-presidente do comitê e do COB Carlos Arthur Nuzman, Leonardo Gryner, deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, por volta das 8h deste sábado (14), de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Gryner foi solto após decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. [Leia mais...]

[Braço direito de Nuzman,Leonardo Gryneré solto neste sábado]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 14 de Outubro de 2017 ⋅ 11:34

O ex-diretor de operações do comitê Rio 2016 e braço-direito do ex-presidente do comitê e do COB Carlos Arthur Nuzman, Leonardo Gryner, deixou a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, por volta das 8h deste sábado (14), de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Gryner foi solto após decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

Gryner foi preso durante a operação Unfair Play na última quinta-feira (5). De acordo com os investigadores, as provas colhidas na primeira etapa da Unfair Play mostraram evidências de que Nuzman e Gryner foram os agentes responsáveis por fazer a ligação entre o esquema de propinas de Cabral e membros africanos do COI, por meio de Arthur Soares. Eles são suspeitos de intermediar a compra de votos para que o Rio de Janeiro sediasse as olimpíadas de 2016.

Bretas argumentou na decisão que revoga a prisão, que "não mais subsistem os motivos que ensejaram a prorrogação da prisão temporária do investigado".

Notícias relacionadas