Brasil

Após saída do Haiti, próxima missão de paz do Brasil deverá ser na África

A missão de paz das Forças Armadas Brasileiras no Haiti terminou, após 13 anos ajudando a estabilizar e reconstruir o país, e o próximo destino poderá ser a República Centro Africana. [Leia mais...]

[Após saída do Haiti, próxima missão de paz do Brasil deverá ser na África]
Foto : Tereza Sobreira

Por Laura Lorenzo no dia 22 de Outubro de 2017 ⋅ 11:29

A missão de paz das Forças Armadas Brasileiras no Haiti terminou, após 13 anos ajudando a estabilizar e reconstruir o país, e o próximo destino poderá ser a República Centro Africana. O ministro da Defesa Raul Jungman, falou no último sábado (21) sobre a possibilidade do Brasil integrar a Missão Multi-dimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização na República Centro-Africana (Minusca)

Após um evento no Rio de Janeiro comemorando o final dos trabalhos dos militares brasileiros na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah), Jungman falou com jornalistas sobre o possível novo destino das Forças Armadas Brasileiras. “A República Centro Africana parece como aquele mais provável destino de missão de paz do país. Porém, a decisão final compete ao presidente da República e ao Congresso Nacional. Nós temos o desejo de levar paz, estabilidade e levar os nossos valores”, disse o ministro.

A República Centro Africana tem 5,2 milhões de habitantes e fica no centro do continente, fazendo fronteira com Chade, Sudão, Congo e Camarões. O país, considerado um dos mais pobres do mundo, enfrenta combates entres grupos guerrilheiros cristãos e o governo muçulmano.

 

Notícias relacionadas