Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Anistia pede que assassinato de vereadora seja investigado de forma ʹimediata e rigorosaʹ

A investigação imediata e rigorosa do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro e defensora dos direitos humanos Marielle Franco, do PSOL, foi pedida pela organização não governamental Anistia Internacional. [Leia mais...]

[Anistia pede que assassinato de vereadora seja investigado de forma ʹimediata e rigorosaʹ]
Foto : Reprodução / Youtube

Por Matheus Morais no dia 15 de Março de 2018 ⋅ 12:00

A investigação imediata e rigorosa da morte da vereadora do Rio de Janeiro e defensora dos direitos humanos Marielle Franco, do PSOL, foi pedida pela organização não governamental Anistia Internacional.

A socialista foi assassinada a tiros na noite de ontem no centro carioca. O motorista que conduzia o carro em que ela estava também foi morto pelos disparos.

"Marielle Franco é reconhecida por sua histórica luta por direitos humanos, especialmente em defesa dos direitos das mulheres negras e moradores de favelas e periferias e na denúncia da violência policial", afirma a nota da Anistia Internacional. "Não podem restar dúvidas a respeito do contexto, motivação e autoria do assassinato de Marielle Franco", continua o comunicado.

A organização feminista Articulação de Mulheres Brasileiras também se manifestou, ao pedir "imediata apuração dos fatos, verdade e justiça". "Este crime brutal não calará a causa e o legado de Marielle. Transformaremos dor em luta, e seguiremos ecoando a denúncia da violência contra a população negra e pobre do país", aponta.

Notícias relacionadas