Domingo, 19 de setembro de 2021

Brasil

Juíza que mandou PMs para cadeia foi assassinada em 2011; relembre

Ela foi morta com 21 tiros na porta da casa onde morava, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Ela foi responsável pela prisão de cerca de 60 policiais. [Leia mais...]

Juíza que mandou PMs para cadeia foi assassinada em 2011; relembre

Foto: Divulgação

Por: Alexandre Galvão no dia 16 de março de 2018 às 08:00

O assassinato da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL), traz à memória outro caso de execução no estado do Rio de Janeiro: o da juíza Patrícia Acioli. A magistrada, que foi assassinada em agosto de 2011, era conhecida por aplicar duras penas a condenados por tráfico a policiais envolvidos com milícias.

Ela foi morta com 21 tiros na porta da casa onde morava, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Ela foi responsável pela prisão de cerca de 60 policiais.

Entre os condenados, o tenente-coronel Claudio Luiz Oliveira e o tenente Daniel Benitez pegaram a maior pena: 36 anos de detenção em regime fechado. Charles Tavares, Alex Ribeiro Pereira e Sammy Quintanilha vão cumprir 25 anos, também em sistema fechado. Já Handerson Lents foi condenado a quatro anos e seis meses em regime semiaberto.

Juíza que mandou PMs para cadeia foi assassinada em 2011; relembre - Metro 1