Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Conta de luz pode aumentar mais de 20%, indica estimativa da Aneel

A conta de luz vai aumentar acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Segundo estimativas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o reajuste médio das cobranças ficará acima de 10%. Em alguns casos, a alta pode superar 20%. [Leia mais...]

[Conta de luz pode aumentar mais de 20%, indica estimativa da Aneel]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Marina Hortélio no dia 17 de Março de 2018 ⋅ 20:37

A conta de luz vai aumentar acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Segundo estimativas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o reajuste médio das cobranças ficará acima de 10%. Em alguns casos, a alta pode superar 20%.

De acordo com informações do Estadão, o aumento está relacionado à falta de chuvas, aos subsídios embutidos na conta de luz e, segundo executivos do setor energético, erros de planejamento. Romeu Rufino, presidente da Aneel, afirma que os brasileiros podem esperar que o reajuste seja parecido com o já autorizado para as companhias Light e Enel Rio.

Já as empresas podem passar por reajustes ordinários ou revisões tarifárias. No primeiro caso, a correção acontece anualmente e deve se manter nos 10%. Já o segundo processo acontece a cada quarto anos, com o intuito de manter o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos. Nesse caso, a alta dever ser na ordem dos 20%.

O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Paulo Pedrosa, afirma que o governo não adotará nenhuma medida intervencionista para maquiar os preços da energia.

Notícias relacionadas

[Enem registra abstenção maior que 50%]
Brasil

Enem registra abstenção maior que 50%

Por Adele Robichez no dia 18 de Janeiro de 2021 ⋅ 08:00 em Brasil

Índice não inclui os dados de candidatos de locais onde o exame foi suspenso devido à gravidade da pandemia