Brasil

Congresso desconta salário de petistas que acompanharam Lula em caravana

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que não serão mais aceitas faltas justificadas como atividade política. [Leia mais...]

[Congresso desconta salário de petistas que acompanharam Lula em caravana]
Foto :

Por Marcela Vilar no dia 02 de Abril de 2018 ⋅ 10:40

Parlamentares filiados ao PT que deixaram de comparecer às sessões da Câmara e do Senado para acompanhar a caravana do ex-presidente Lula pelo Sul do país, na última terça (27), podem ter os salários reduzidos.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que não serão mais aceitas faltas justificadas como atividade política. “Senão a Câmara não vai dar quórum nunca mais na vida”, justificou. Cada sessão vale em torno de R$1,2 mil e R$1,6mil.

A partir de agora, deputados que faltarem precisam da autorização de Rodrigo Maia para abonar as ausências. A decisão não vai abordar líderes partidários, presidentes de legendas, membros da Mesa Diretora e ex-presidentes da Casa. Esses têm direito a abono regimental automático.

Entre fevereiro e junho de 2016, cerca de 290 deputados somaram um diminuição de mais de R$1,4 milhão em seus salários por ausências nas sessões plenárias, de acordo com dados da Coordenação de Pagamento de Pessoal da Câmara. Os descontos são proporcionais a cada falta não justificada ou a cada votação que não participa.

Notícias relacionadas

[Gebran manda soltar filho de Edison Lobão]
Brasil

Gebran manda soltar filho de Edison Lobão

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Setembro de 2019 ⋅ 15:40 em Brasil

Márcio Lobão terá que pagar R$ 5 milhões em fiança e estará proibido de deixar o país