Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Assassinatos no campo têm maior número no Brasil desde 2003

Um relatório da Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulgado ontem mostra que a violência no campo no Brasil é a maior desde 2003. [Leia mais...]

[Assassinatos no campo têm maior número no Brasil desde 2003 ]
Foto : Reprodução/ Portal Vermelho

Por Matheus Morais no dia 17 de Abril de 2018 ⋅ 11:00

Um relatório da Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulgado ontem mostra que a violência no campo no Brasil é a maior desde 2003. Em 2017, foram 70 assassinatos, um aumento de 15% em relação ao número de 2016. O estado do Pará liderou o ranking de violência, com 21 mortes no ano passado.

Dos 70 assassinatos em 2017, 28 aconteceram em massacres, o que corresponde a 40% do total. Desde 1985 a 2017, foram registrados 46 massacres no país com 220 vítimas. No período, o Pará computou 26 massacres, que vitimaram 125 pessoas.

Ainda segundo o relatório, entre os anos de 1985 e 2017, a CPT registrou, em todo Brasil, 1.438 casos de conflitos no campo, que geraram 1904 vítimas. Segundo o estudo, apenas 113 dos casos foram julgados, o que corresponde a 8% dos incidentes.

Nos 32 anos, a região Norte contabiliza 658 casos com 970 vítimas. O Pará é o estado que lidera na região e no resto do país, com 466 casos e 702 vítimas. O Maranhão vem em segundo lugar com 168 vítimas em 157 casos. E o estado de Rondônia em terceiro, com 147 pessoas assassinadas em 102 casos.

Notícias relacionadas