Brasil

Justiça nega pedido para manter médicos cubanos no Brasil

Na decisão, juiz considerou que a Justiça brasileira não pode interferir na decisão unilateral cubana de deixar o programa

[Justiça nega pedido para manter médicos cubanos no Brasil]
Foto : Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 23 de Novembro de 2018 ⋅ 16:40

A Justiça Federal em Brasília negou hoje (23) um pedido feito pela Defensoria Pública da União (DPU) para manter o programa Mais Médicos com profissionais cubanos. A decisão foi tomada pelo juiz Eduardo Rocha Penteado, da 14ª Vara Federal.

Na tentativa de conseguir uma liminar, a DPU pedia que o governo federal fosse obrigado a manter as regras do programa para evitar um “grave cenário de desatendimento” da população, acrescentando que a aplicação do Revalida, exame que permite a médicos estrangeiros trabalhar no Brasil, era "desnecessária".

Ao decidir sobre a questão, o magistrado considerou que a Justiça brasileira não pode interferir na decisão unilateral cubana de deixar o programa e chamar os médicos de volta. Nesta semana, o governo brasileiro abriu novo edital para substituir os mais de oito mil profissionais cubanos. Hoje (23), o Ministério da Saúde informou que 84% das vagas do novo edital do programa foram preenchidas.

Notícias relacionadas

[Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje]
Brasil

Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje

Por Lara Curcino no dia 19 de Outubro de 2019 ⋅ 10:27 em Brasil

Concurso será às 20h; apostas podem ser feitas até 19h