Brasil

Justiça ouve rapaz suspeito de participar de massacre em Suzano

Jovem foi apreendido no último dia 19 e está em uma unidade da Fundação Casa

[Justiça ouve rapaz suspeito de participar de massacre em Suzano]
Foto : Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 04 de Abril de 2019 ⋅ 13:20

O adolescente de 17 anos acusado pelo Ministério Público e pela Polícia Civil de participar do planejamento do ataque contra a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, tem hoje (4) mais uma audiência no fórum do município, na Grande São Paulo. Na semana passada, ele acompanhou a primeira audiência de instrução do processo, quando foram ouvidas testemunhas de acusação e de defesa. O caso segue em segredo de Justiça.

O jovem foi apreendido no último dia 19 e está em uma unidade da Fundação Casa. Ele poderá permanecer internado por até 45 dias. Após esse prazo, a Justiça deverá se pronunciar a respeito de uma sentença definitiva, que pode durar no máximo três anos.

A defesa do jovem nega que ele tenha qualquer ligação com o crime. Segundo o advogado Marcelo Feller, o rapaz fantasiou atacar a escola com um dos autores do massacre, também de 17 anos, em 2015, quando ambos tinham entre 13 e 14 anos. No entanto, os dois brigaram em outubro daquele ano, voltando a se falar somente em outubro de 2018.

Notícias relacionadas