Brasil

José Medrado critica crucificação de mulher trans na parada gay: "Fogo amigo"

O apresentador do programa Sintonia da Rádio Metrópole, José Medrado, criticou nesta segunda-feira (8) o ato que simbolizou a crucificação de uma mulher transexual na Parada Gay do último domingo (7), em São Paulo. Durante o evento, diversas imagens registravam pessoas fantasiadas de símbolos do cristianismo e algumas delas chegavam a simular atos obscenos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Instagram

Por Matheus Simoni no dia 08 de Junho de 2015 ⋅ 16:10

O apresentador do programa Sintonia da Rádio Metrópole, José Medrado, criticou nesta segunda-feira (8) o ato que simbolizou a crucificação de uma mulher transexual na Parada Gay do último domingo (7), em São Paulo. Durante o evento, diversas imagens registravam pessoas fantasiadas de símbolos do cristianismo e algumas delas chegavam a simular atos obscenos.

Para Medrado, este tipo de iniciativa é um "fogo amigo". "É fato que a liberdade de expressão é uma garantia constitucional. Porém, precisamos ter sim um limite ao respeito das crenças das pessoas. Não podemos de forma alguma criticar através da depreciação. Poderemos sim fazer crítica até a fé de quem quer que seja, sem depreciar, sem macular os símbolos daquela fé. Eu entendo desta forma, porque, de qualquer maneira, é um respeito ao outro que também exercitamos. E dentro daquele princípio filosófico que fala que 'o direito de um termina onde começa o do outro', poderíamos dizer que o direito de crença também é um direito", afirmou ele. 

Notícias relacionadas

[Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões]
Brasil

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões

Por Juliana Almirante no dia 16 de Junho de 2019 ⋅ 07:00 em Brasil

Por se tratar de uma edição especial, o prêmio não acumula e, se ninguém acertar a quina, será dividido entre os ganhadores da quadra

[Inscrições para o Prouni se encerram hoje]
Brasil

Inscrições para o Prouni se encerram hoje

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Junho de 2019 ⋅ 14:20 em Brasil

Programa oferece cerca de 169 mil vagas, sendo 68 mil de bolsas de estudo integrais e 101,1 mil para bolsas parciais

[Morre, aos 76 anos, jornalista Clóvis Rossi ]
Brasil

Morre, aos 76 anos, jornalista Clóvis Rossi 

Por Alexandre Galvão no dia 14 de Junho de 2019 ⋅ 07:48 em Brasil

Nascido em 25 de janeiro de 1943 no bairro do Bexiga, em São Paulo, filho de seu Olavo, vendedor de máquinas pesadas, e dona Olga, artesã de grinaldas e buquês de flores,...