Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Enade será aplicado neste domingo para cerca de 435 mil estudantes

Provas começam às 13h30, horário de Brasília

[Enade será aplicado neste domingo para cerca de 435 mil estudantes]
Foto : Antonio Cruz/ Agência Brasil

Por Metro1 no dia 24 de Novembro de 2019 ⋅ 12:58

Cerca de 435 mil estudantes fazem, neste domingo (24), em todo o país, as provas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Nesta edição, serão avaliados os cursos das áreas de ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e os cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança.

A prova terá início às 13h30 do horário oficial de Brasília e não será permitida a entrada no local da prova após esse horário. A lista de presença será disponibilizada apenas após uma hora do início da prova. O Enade é um exame feito por estudantes, ao final dos cursos de graduação, para avaliar conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. O estudante precisa fazer o exame para colar grau e receber o diploma.

A prova tem duração de quatro horas e é composta por dez questões de Formação Geral e 30 questões de Componente Específico de cada área de avaliação. As questões discursivas do componente de Formação Geral avaliam aspectos como clareza, coerência, coesão, estratégias argumentativas, utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto. A avaliação dos componentes específicos varia de acordo com a área do estudante.

Embora não haja a exigência de um desempenho mínimo para ser aprovado no Enade, de acordo com o presidente substituto do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Camilo Mussi, um bom desempenho no exame pode trazer benefícios para o próprio estudante na hora de conseguir um emprego, já que a instituição que ele estuda será também melhor avaliada.

Informações da Agência Brasil

Notícias relacionadas