Brasil

MEC estuda descartar quase 3 milhões de livros didáticos sem uso

Os livros que podem ser descartados perderam a validade de 2005 a 2019

[MEC estuda descartar quase 3 milhões de livros didáticos sem uso]
Foto : Marcello Casal Jr/Agencia Brasil

Por Luciana Freire no dia 12 de Janeiro de 2020 ⋅ 14:30

 

O Ministério da Educação (MEC) estuda descartar livros didáticos sem uso que não chegaram a ser distribuídos para alunos. O Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), que é ligado ao MEC, pode jogar fora até 2,9 milhões de livros. O gasto estimado é de R$ 20,3 milhões. Os livros que podem ser descartados perderam a validade de 2005 a 2019.

Essa informação foi divulgada ontem (11) pelo jornal O Estado de S. Paulo. De acordo com a reportagem, a análise para descartar o material foi recomendada em um documento feito pela área de logística do órgão no final do ano passado.

Em nota, o FNDE, que cuida do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD), afirmou que publicará na próxima semana uma normativa para otimizar a reserva técnica do programa e discutir a futura destinação dos livros didáticos. Mas não informou o número de exemplares que estão estocados.

Notícias relacionadas

[Motorista acusado de assédio se defende]
Brasil

Motorista acusado de assédio se defende

Por Luciana Freire no dia 18 de Fevereiro de 2020 ⋅ 21:00 em Brasil

Segundo ele a passageira menor de idade "está sorrindo espalhada no banco", usando "short tipo Anitta"

[Michelle Bolsonaro pede outro lugar para trabalhar]
Brasil

Michelle Bolsonaro pede outro lugar para trabalhar

Por Luciana Freire no dia 18 de Fevereiro de 2020 ⋅ 17:20 em Brasil

Após repercussão com desmonte de biblioteca, um novo local está sendo providenciado para abrigar a primeira-dama e sua equipe

[Fila do Bolsa Família já tem 3,5 milhões de pessoas]
Brasil

Fila do Bolsa Família já tem 3,5 milhões de pessoas

Por Kamille Martinho no dia 18 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:40 em Brasil

No final de janeiro, o Ministério da Cidadania informou que a lista de pedidos para entrar no programa seria três vezes menor: 494 mil famílias

[Moro vai pintar presídios com frase: 'Diga não à facção']
Brasil

Moro vai pintar presídios com frase: 'Diga não à facção'

Por Juliana Almirante no dia 18 de Fevereiro de 2020 ⋅ 13:20 em Brasil

Ideia é alertar presos de que, segundo a recém-aprovada lei anticrime, o detento que tem vínculo com organização criminosa não pode ser beneficiado com progressão de regi...