Brasil

SP tem taxas de casos e mortes maiores que a Espanha quando adotou lockdown

Estado tem 187 casos e 13,9 mortes por coronavírus a cada 100 mil habitantes, enquanto país europeu registrava 166 casos e 13,76 mortes por 100 mil habitantes em 29 de março

[SP tem taxas de casos e mortes maiores que a Espanha quando adotou lockdown]
Foto : Governo do Estado de São Paulo

Por Juliana Rodrigues no dia 26 de Maio de 2020 ⋅ 13:20

O estado de São Paulo tem, atualmente, maiores taxas de casos e de mortes por Covid-19 a cada 100 mil habitantes do que as registradas na Espanha quando o país decretou medidas de "lockdown" (confinamento ou fechamento total).

Segundo dados divulgados ontem (25) pela Secretaria Estadual de Saúde, São Paulo tem 187 casos confirmados de coronavírus a cada 100 mil habitantes e cerca de 13,9 mortes a cada grupo de 100 mil pessoas. Quando decretou lockdown, no dia 29 de março, a Espanha tinha 166 casos por 100 mil habitantes e 13,76 mortes por 100 mil habitantes.

Mesmo com a taxa similar, o número de novos óbitos registrados por dia na Espanha era maior do que o verificado atualmente no estado de São Paulo. Na última semana, o estado teve, em média, 184 mortes confirmadas por Covid-19 por dia, com pico de 324 mortes na terça-feira (19). Já a Espanha teve 838 mortes confirmadas em 24 horas, no dia em que foi determinado o lockdown no país.

O estado de São Paulo tem 44.607.654 habitantes, número similar à população da Espanha, que tem 46 milhões de habitantes.

Notícias relacionadas