Brasil

Campanha pede doação de medula óssea para criança de três anos diagnosticada com Leucemia

Cadastro pode ser feito em meio à pandemia e mais informações podem ser obtidas no site do Redome

[Campanha pede doação de medula óssea para criança de três anos diagnosticada com Leucemia]
Foto : Divulgação

Por Lara Curcino no dia 08 de Junho de 2020 ⋅ 11:00

Uma campanha nas redes sociais pede a doação de medula óssea para Gustavo Almeida, um menino brasileiro de três anos que foi diagnosticado em maio com Leucemia, do tipo Mielóide Aguda. 

A iniciativa pede que as pessoas se cadastrem como doador e, caso se apliquem para ajudar, serão chamados. Para se candidatar, é preciso ter entre 18 e 55 anos, ter um bom estado geral de saúde, não possuir doença infecciosa ou incapacitante e não apresentar doença no sistema imunológico, hematológica ou câncer. 

Em Salvador, o número para obter mais informações sobre o cadastramento seguro, em meio à pandemia, é 3116-5643. Telefones de outras cidades do país podem ser encontrados no site do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome)

Notícias relacionadas