Brasil

Mensagens em celular apreendido pelo MP do Rio denunciaram paradeiro de Queiroz

A ação foi cercada de ministério, para evitar vazamentos. 'Pensei que era operação sobre respiradores', diz delegado que efetuou a prisão

[Mensagens em celular apreendido pelo MP do Rio denunciaram paradeiro de Queiroz]
Foto : Reprodução/SBT

Por Kamille Martinho no dia 18 de Junho de 2020 ⋅ 18:50

Mensagens de um celular apreendido no Rio de Janeiro, pelo Ministério Público Estadual, foram responsáveis por denunciar o paradeixo do ex-assessor do clã Bolsonaro Fabrício Queiroz, preso na manhã de hoje (18). As informações são da Folha de S. Paulo.

A ação foi cercada de ministério, para evitar vazamentos. "Eu pensei que era alguma coisa sobre respiradores", disse o delegado Nico Gonçalves, chefe do Departamento de Operações Policiais Estratégicas, que efetuou a prisão. "Só depois do briefing, às 4h, é que fomos informados do alvo", completou.

Segundo o delegado, não houve resistência do ex-assessor.

Notícias relacionadas