Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Carnaval

/

Prefeito Bruno Reis rebate críticas de Igor Kannário durante apresentação no Carnaval de Salvador

Carnaval

Prefeito Bruno Reis rebate críticas de Igor Kannário durante apresentação no Carnaval de Salvador

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), respondeu ao cantor Igor Kannário após o artista criticar a lentidão do percurso enquanto se apresentava no circuito Osmar, na segunda-feira (12)

Prefeito Bruno Reis rebate críticas de Igor Kannário durante apresentação no Carnaval de Salvador

Foto: Betto Jr./Secom

Por: Metro1 no dia 13 de fevereiro de 2024 às 19:30

Atualizado: no dia 13 de fevereiro de 2024 às 19:30

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), respondeu ao cantor Igor Kannário após o artista criticar a lentidão do percurso enquanto se apresentava no circuito Osmar, na segunda-feira (12). Em resposta, o gestor municipal afirmou que o artista "não perde a oportunidade de falar besteira" e acrescentou que "[Ele] solicitou dois shows de 180 mil reais e um trio elétrico então, tudo o que ele solicitou da prefeitura foi feito. Não há motivo para se queixar",

Durante a pipoca de Kannário, o artista fez um discurso afirmando que não voltaria para a folia do próximo ano. “Preciso que o trio ande, senão vou ficar desgastado apenas nesse circuito”, iniciou o cantor. Em seguida, ele destacou: “Todos sabem que há 10 anos passamos nesse horário".

O cantor finalizou: “Eu quero ter o meu momento. Preciso do momento, respeitando o momento de todo mundo. Eu espero o momento de todos. A gente vai ficar parado aqui até a avenida ficar livre para gente. Essa é a maior pipoca do Carnaval da Bahia, mesmo sendo boicotada, a gente se mantém aqui".

Em resposta, o mandatário revelou o pedido realizado por Igor Kannário: “[Ele] solicitou dois shows de 180 mil reais e um trio elétrico que foi personalizado. Então, o que ele solicitou da prefeitura foi feito. Não há motivo para se queixar. Inclusive, muitos dos cachês que estão apresentando aqui no Carnaval, a gente já paga antecipado, coisa que nenhum governo faz. Ele tocou lá no Festival da Virada e já recebeu", finalizou o prefeito.