Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

Bruno Reis sanciona lei que permite a entrada de Salvador em consórcio de vacinas contra Covid-19

Consórcio com municípios deve ser constituído no dia 22 de março

[Bruno Reis sanciona lei que permite a entrada de Salvador em consórcio de vacinas contra Covid-19]
Foto : Divulgação/Assessoria Bruno Reis

Por Adele Robichez no dia 10 de Março de 2021 ⋅ 07:20

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), sancionou, na noite de ontem (9), a lei que permite a entrada de Salvador no consórcio público municipal para comprar vacinas contra a Covid-19, organizada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP).

“Essa lei vai nos permitir entrar nessa disputa para aquisição das vacinas, tão importantes neste momento. Não há nada mais importante do que a vacina. Vamos encaminhar agora para a Frente essa lei, que permite que Salvador integre formalmente o consórcio”, disse o gestor da capital baiana.

O consórcio deve ser constituído no dia 22 de março. A ideia da iniciativa é que a aquisição de grandes quantidades de imunizantes contra o coronavírus em laboratórios seja facilitada, permitindo que os municípios consigam acelerar o processo de vacinação. A medida considera a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e do projeto de lei em tramitação na Câmara, que permite que os estados e cidades adquiram doses independentemente do governo federal.

Notícias relacionadas