Sábado, 31 de julho de 2021

Cidade

Após dez ataques a bancos em Salvador, operação cumpre mandados contra suspeitos

Mais de 100 policiais civis realizam ações com apoio da Polícia Militar em diversos pontos da cidade e na RMS

Após dez ataques a bancos em Salvador, operação cumpre mandados contra suspeitos

Foto: Haeckel Dias

Por: Adele Robichez no dia 15 de junho de 2021 às 07:32

Mais de 100 policiais civis realizam, nesta terça-feira (15), uma operação integrada com a Polícia Militar (PM) contra alvos suspeitos de envolvimento em crimes contra bancos. A ação ocorre em diversos pontos de Salvador e Região Metropolitana e visa o cumprimento de mandados de busca e apreensão, além de prisão.

Segundo o diretor do Departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), o delegado José Bezerra, “esta operação é uma sequência de uma série de ações da Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, hoje com o objetivo essencial de coleta de elementos probatórios e prisões”.

Informações do Sindicato dos Bancários apontam que um total de dez agências bancárias da capital baiana sofreram ataques apenas neste ano, sendo nove explosões e um arrombamento (último crime).

Confira casos:

  • 04/03: Banco Bradesco, em Ondina;
  • 26/03: Banco 34 horas, em São Caetano;
  • 27/03: Caixa Econômica Federal, em Cajazeiras 10;
  • 05/04: Caixa Econômica Federal, em Itapuã;
  • 13/04: Banco do Brasil, em Porto Seco Pirajá;
  • 30/04: Caixa Econômica Federal, em Largo do Tanque;
  • 03/05: Banco 24 horas, em Mussurunga;
  • 18/05: Caixa Econômica Federal, em Pau da Lima;
  • 22/05: Caixa Econômica Federal, em Stella Maris;
  • 07/06: Banco Bradesco, na Graça.

 

Participam  das ações, o Comando de Operações Policiais Militares (COPM), os Comandos de Policiamentos Regionais Atlântico (CPRC-A), Baía de Todos os Santos (CPRC-BTS), Região Metropolitana (CPRC-RMS), e das Companhias Independentes de Policiamento Tático - Atlântico (CIPT-A) e Baía de Todos os Santos e (CIPT-BTS).

Após dez ataques a bancos em Salvador, operação cumpre mandados contra suspeitos - Metro 1