Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Cidade

Vacinação de pessoas em situação de rua segue com mesma estratégia e resultado é baixa adesão

Apenas 90 pessoas foram vacinadas na última quarta-feira, segundo dados da Sempre

Vacinação de pessoas em situação de rua segue com mesma estratégia e resultado é baixa adesão

Foto: Betto Jr./Secom PMS

Por: Juliana Rodrigues no dia 22 de julho de 2021 às 09:51

A vacinação de pessoas em situação de rua avançou apenas 1,3% em Salvador na última quarta-feira (21), segundo dados da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), responsável pelas ações para este público. Noventa pessoas foram vacinadas neste dia, ampliando o total para 2.892 imunizados em situação de rua.

Devido à baixa adesão, a Sempre afirmou ao Metro1, por meio de sua assessoria, que foi feito um requerimento à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para que a população de rua seja incluída na Vacina Express, com os profissionais e a estrutura da vacinação indo até os locais onde estão as pessoas. A pasta aguarda o retorno da SMS.

A estratégia de ir até a população de rua é defendida por associações e entidades, a exemplo do projeto SSA Invisível. "Como é que uma pessoa que está na região da Barra vai pra Djalma Dutra e Itapuã? Nossa briga é pela vacinação in loco, para atingir esse público", disse o coordenador do projeto, Lucas Gonçalves, ao Metro1, na última quarta-feira.

Vacinação de pessoas em situação de rua segue com mesma estratégia e resultado é baixa adesão - Metro 1