Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Cidade

Salvador: seis em cada dez bairros têm qualidade urbana de regular a ruim

Cálculo é resultado de indicador lançado por grupo de pesquisadores da Ufba

Salvador: seis em cada dez bairros têm qualidade urbana de regular a ruim

Foto: Leitor Metro1

Por: Metro1 no dia 20 de setembro de 2021 às 11:28

A cada dez bairros de Salvador, seis têm ambiente urbano considerado de regular a muito ruim. Enquanto dois, em cada dez, têm situação que vai de boa a excelente. O Índice de Qualidade Urbano-Ambiental de Salvador (IQUASalvador), desenvolvido pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), em parceria com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), e com participação da Universidade Federal de Feira de Santana (Uefs), envolveu cerca de 200 pesquisadorer.

O indicador foi divulgado na quinta-feira (14) e analisa o desmatamento, aumento da temperatura de superfície, acesso à renda, qualidade do saneamento básico, a segurança e insegurança alimentar.

Segundo a Ufba, o IQUASalvador analisa as dimensões físico-natural, socioeconômica, de serviços e infraestrutura, de cultura e cidadania, além de bem-estar. Com isso, uma escala que vai de 0 (qualidade inexistente) a 1 (qualidade máxima) qualifica a pesquisa. Os bairros soteropolitanos variam entre 0,34 a 0,83 entre seus bairros, alcançando uma média de 0,54. 

Os fatores que são levados em consideração incluem desmatamento; aumento da temperatura de superfície; acesso à renda; qualidade do saneamento básico; a segurança e insegurança alimentar; a serviços, equipamentos urbanos e bens culturais; exposição a situações de risco (alagamento e deslizamento); e percepção sobre segurança e violência.

Salvador: seis em cada dez bairros têm qualidade urbana de regular a ruim - Metro 1