Domingo, 17 de outubro de 2021

Cidade

Contra aulas totalmente presenciais, sindicato de professores solicita audiência com Bruno Reis

Categoria afirma que retorno total fere o protocolo de biossegurança contra Covid-19

Contra aulas totalmente presenciais, sindicato de professores solicita audiência com Bruno Reis

Foto: Divulgação/Smed

Por: Geovana Oliveira no dia 24 de setembro de 2021 às 15:25

Após o prefeito de Salvador, Bruno Reis, anunciar que as aulas na rede municipal de ensino serão totalmente presenciais a partir de segunda (27), o sindicato de professores da Bahia solicitou uma audiência para discutir com a Prefeitura. 

"Nós não concordamos, porque no nosso entendimento isso fere o protocolo de biossegurança. As salas das escolas da rede municipal de Salvador, com distanciamento de 1,5 m não cabe mais do que 20 alunos, então não dá para botar 40, a não ser que ele vá construir outra escola", afirma Rui Oliveira, coordenador da APLB. 

A categoria vai se reunir nesta segunda-feira para decidir como vai agir a partir da medida da gestão municipal e o sindicato solicitou ainda acompanhamento do Ministério Público estadual. "Não vamos permitir que vida dos trabalhadores e trabalhadoras da educação sejam expostas", diz Oliveira. 

Contra aulas totalmente presenciais, sindicato de professores solicita audiência com Bruno Reis - Metro 1