Domingo, 15 de maio de 2022

Cidade

Iniciando em Pernambués, Salvador terá quatro meses de combate contra mosquito da dengue

Ação com medidas contra transmissão de doenças será iniciada nesta quarta-feira (6)

Iniciando em Pernambués, Salvador terá quatro meses de combate contra mosquito da dengue

Foto: Bruno Concha/Secom

Por: Adele Robichez no dia 04 de outubro de 2021 às 14:12

Com a proximidade do verão, momento mais propício para o desenvolvimento e transmissão de doenças como a dengue, zika e chikungunya, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) fará um plano de intensificação do combate ao mosquito Aedes Aegypti. A ação será realizada entre esta quarta-feira (6) e o mês de fevereiro de 2022, com duração de quatro meses. O primeiro bairro atendido pelo plano será o de Pernambués.

 

Confira quais serão as medidas adotadas, com o apoio de 1.500 agentes:

  • Mutirões em áreas de alto risco;
  • colocação de Ovitrampas e armadilhas em imóveis e repartições; 
  • inspeções; 
  • aplicação de inseticida e larvicida em locais públicos e privados; 
  • entrega de capas para tanques e tonéis; 
  • levantamento de bueiros; 
  • fiscalização em hotéis e circuitos de festas populares, entre outros.

 

De acordo com dados da SMS, entre janeiro e setembro de 2021, Salvador registrou 578 casos de dengue, 327 ocorrências de chikugunya e 53 notificações para zika. Em relação ao ano passado, houve uma redução de 94% dos casos de dengue, 97% de chikugunya e 94% de zika.

Iniciando em Pernambués, Salvador terá quatro meses de combate contra mosquito da dengue - Metro 1