Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

Cidade

Maquiadora é roubada em Salvador e faz vakinha para recuperar material perdido

Tainá Melo perdeu 80% dos seus produtos após ter sido assaltada a caminho de um serviço no bairro Santo Antônio Além do Carmo

Maquiadora é roubada em Salvador e faz vakinha para recuperar material perdido

Foto: Reprodução

Por: Adele Robichez no dia 20 de outubro de 2021 às 13:22

A maquiadora Tainá Melo perdeu praticamente todo o seu material de trabalho em um assalto ocorrido nesta terça-feira (19) em Salvador. Ela conta que estava a caminho de um serviço no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, quando foi abordada por dois homens armados. Após o ocorrido, as suas amigas e apoiadoras do seu trabalho se juntaram para realizar doações e lançaram uma campanha de arrecadação para recuperar as coisas roubadas.

"Eu estava indo fazer um trabalho para uma ótica de Salvador, que eu faço a beleza dos modelos. Eles tinham alugado um hotel para fazer as fotos. Desci do carro e pedi informação para uma moça, porque não conhecia o lugar, e segui andando com a minha mochila. Daí um rapaz falou comigo e eu não entendi o que ele queria e falei 'o que?', aí ele disse 'passe tudo, não esconda nada e puxou uma arma da cintura na minha direção", conta.

Tainá relata que perdeu cerca de 80% do seu seu material de trabalho. Na semana passada, ela havia investido R$ 1.600 em novas maquiagens. A maquiadora publicou um vídeo nas suas redes sociais explicando, emocionada, a situação pela qual passou e recebeu um grande apoio. Um grupo de amigas doou produtos para que ela possa trabalhar no próximo final de semana e fizeram uma 'vakinha' para recuperar os materiais perdidos e pagar a dívida da compra recente.

"Acho que Deus estava comigo porque eu não reagi, fiquei tranquila e só fiz o que eles pediram. Em um primeiro momento, acho que fiquei anestesiada, mas depois eu chorei tanto, loucamente. Eu não consegui fazer as coisas que precisava durante o resto do dia, nem comer. Ainda tive que prestar queixa, bloquear o celular e conta no banco, refazer documentos, porque eles levaram tudo. Estou tentando me recuperar disso tudo, mas estou feliz porque percebo o quanto as pessoas se importam e estão ajudando", diz.

Até então, a campanha de arrecadação, com meta estabelecida no valor inicial de R$ 6 mil em um prazo de 10 dias, já acumulou mais de R$ 4 mil, com a ajuda de mais de 60 contruibuintes. Para participar, basta acessar este link e realizar uma doação.

 

Maquiadora é roubada em Salvador e faz vakinha para recuperar material perdido - Metro 1