Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Cidade

Em congresso na Bahia, Fachin defende sistema eleitoral: "Não permitiremos subversão do processo"

Sem citar Bolsonaro, ele cobrou que "todos poderes digam, sem subterfúgios, que vão respeitar processo eleitoral de 2022"

Em congresso na Bahia, Fachin defende sistema eleitoral: "Não permitiremos subversão do processo"

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Por: Metro1 no dia 13 de maio de 2022 às 18:08

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Edson Fachin, voltou a defender a segurança do sistema eleitoral, em discurso realizado nesta sexta-feira (13), duranteo XXIV Congresso Brasileiro de Magistrados, no Centro de Convenções Salvador. Na ocasião, ele afirmou que não permitirá "a subversão do processo eleitoral".

"A nenhuma instituição ou autoridade a Constituição permite poderes que são exclusivos da Justiça Eleitoral. Não permitiremos a subversão do processo eleitoral --e digo, para que não tenham dúvida, para remover a Justiça Eleitoral de suas funções terão que antes remover este presidente da sua presidência. Diálogo sim, joelhos dobrados, jamais", disse o ministro.

Sem citar o presidente Jair Bolsonaro (PL), ele cobrou ainda que "todos os poderes digam, sem subterfúgios, que vão respeitar o processo eleitoral de outubro de 2022". O chefe da nação tem feito acusações infundadas contra o sistema eleitoral para levantar suspeitas sobre a confiabilidade das urnas, mesmo após reiteradas negativas de autoridades e admissão do próprio sobre a ausência de provas.

Em congresso na Bahia, Fachin defende sistema eleitoral: "Não permitiremos subversão do processo" - Metro 1