Quinta-feira, 07 de julho de 2022

Cidade

Servidores municipais denunciam agressões em protesto de assistentes sociais

Segundo nota da Sempre, servidores impediram entrada dos funcionários no prédio da pasta e os empurraram

Servidores municipais denunciam agressões em protesto de assistentes sociais

Foto: Reprodução/Vídeo

Por: Metro1 no dia 27 de maio de 2022 às 13:24

Servidores municipais de Salvador denunciaram terem sido agredidos nesta sexta-feira (27) por sindicalistas durante uma manifestação na Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre). Segundo uma nota da pasta, no protesto, servidores impediram a entrada dos funcionários no prédio da pasta e empurraram aqueles que tentavam passar pela barreira feita pelos integrantes de sindicatos. 

Vídeos feitos por funcionários da Sempre mostram o presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), Bruno Carinhanha, dizendo: "A gente quer ver quem vai passar aqui agora". Além disso, uma servidora tenta entrar no elevador, mas é empurrada por integrantes do sindicato. As imagens também mostram outro funcionário da Sempre tentando ajudar a colega, mas sendo retirado à força do prédio da secretaria.

"Hoje está assim. Na próxima semana, segunda-feira, nós vamos fechar todas as portas, pode ter certeza, e não vai passar uma pessoa", afirmou Carinhanha aos funcionários.

Diante das denúncias, a Prefeitura de Salvador divulgou uma nota de repúdio às ações de alguns manifestantes. "A Prefeitura repudia as agressões cometidas nesta sexta-feira contra servidores municipais e reforça que continua aberta ao diálogo com todas as categorias do funcionalismo público. A gestão municipal pontua que as negociações devem ser travadas com base no debate de ideias e propostas, não com agressões e ameaças. A Prefeitura ainda se solidariza com os funcionários públicos agredidos e informa que prestará assistência a eles", diz o comunicado.

Psicólogos e assistentes sociais da Prefeitura de Salvador se reuniram em assembleia setorial na frente da Sempre, no bairro do Comércio, na manhã desta sexta-feira (27). A categoria reclama o assédio moral institucional por parte da gestão do órgão. 

 

Veja o vídeo:

 

Servidores municipais denunciam agressões em protesto de assistentes sociais - Metro 1