Cidade

Após denúncia da Metrópole, Codecon apreende 68 kg de calabresa no Atakarejo

Após denúncia da Metrópole da última quinta-feira (9), quando o leitor Siqueira Costa encontrou uma calabresa roída no Atakadão ATakarejo, a Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) realizou uma ação no local e encontrou mais produtos impróprios para o consumo. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Codecon

Por Bárbara Silveira no dia 10 de Julho de 2015 ⋅ 09:13

Após denúncia da Metrópole da última quinta-feira (9), quando o leitor Siqueira Costa encontrou uma calabresa roída no Atakadão ATakarejo, a Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) realizou uma ação no local e encontrou mais produtos impróprios para o consumo.

De acordo com o Codecon, os agentes encontraram 68 quilos de linguiça calabresa acondicionadas irregularmente e descongeladas em um balcão com problemas de refrigeração, que não permitiam adequada conservação da temperatura dos produtos comercializados. “Todo material foi destruído e o estabelecimento foi autuado por comercializar produtos que podem acarretar riscos à saúde dos consumidores. Os fiscais lavraram o Auto de Infração e Termo de Destruição dos produtos impróprios para o consumo. O estabelecimento tem dez dias para apresentar a defesa”, explica a pasta em nota.

Ainda segundo o encarregado da fiscalização, Ruy Barreto, o consumidor deve ficar atento ao rótulo do produto. “Se há informação de que ele deve ser conservado congelado. Se o produto se desfaz facilmente ao ser manuseado é um sinal de descongelamento. É importante observar o estado de conservação dos freezers ou balcões de refrigeração”.

 

Notícias relacionadas

[Homem morre na praia do Porto da Barra]
Cidade

Homem morre na praia do Porto da Barra

Por Metro1 no dia 19 de Janeiro de 2020 ⋅ 12:10 em Cidade

De acordo com testemunhas, jovem bateu a cabeça nas pedras após pular do cais para a água