Cidade

Coordenadora do Sindilimp é presa e categoria suspende coleta de lixo

A coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores de Limpeza Urbana da Bahia (Sindilimp-BA), Ana Angélica Rabelo, e um funcionário do sindicato foram presos na manhã desse sábado (24) durante um protesto que cobrava o pagamento de salários atrasados dos servidores terceirizados, realizado em frente ao Colégio Landulfo Alves, em Salvador. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Sindilimp

Por Bárbara Silveira no dia 25 de Julho de 2015 ⋅ 14:12

A coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores de Limpeza Urbana da Bahia (Sindilimp-BA), Ana Angélica Rabelo, e um funcionário do sindicato foram presos na manhã desse sábado (24) durante um protesto que cobrava o pagamento de salários atrasados dos servidores terceirizados, realizado em frente ao Colégio Landulfo Alves, em Salvador.

De acordo com o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) a confusão teve início após um funcionário se irritar e jogar ovos em meio ao protesto. “E foi recebido com mais de oito viaturas e a polícia achou por bem, a mando do governo do estado, deter a Ana Angélica, coordenadora do sindicato e Edson Conceição”, explicou o vereador que garantiu que os ovos não foram arremessados contra os policiais.

“Primeiro eles fizeram um tour na cidade, até trazerem [os presos] para a Central de Flagrantes. Estamos aqui esperando ver o que vai acontecer, mas a direção do sindicato já manteve a paralisação e ampliou para outros municípios”, afirma Suíca. De acordo com o Sindilimp, caso a prisão da coordenadora e o funcionário do sindicato seja mantida, a categoria vai cruzar os braços e paralisar o serviço de coleta em toda a Bahia. “O aterro sanitário está parado, em solidariedade e contra a arbitrariedade, se ela continuar presa, vai continuar parada”, conclui Suíca.

Mesmo que a coleta de lixo, que é realizada pelos trabalhadores da Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), seja mantida, com o fechamento do único aterro sanitário seco de Salvador, os caminhões ficariam impossibilitados de descarregar, logo, a coleta não poderia ser realizada.

Notícias relacionadas

[Maratona de Salvador garante R$ 163 mil em premiações]
Cidade

Maratona de Salvador garante R$ 163 mil em premiações

Por Matheus Simoni no dia 23 de Setembro de 2018 ⋅ 15:00 em Cidade

Os maratonistas que ficaram em primeiro lugar na categoria geral masculina e feminina levam para casa R$ 22 mil. A prova aconteceu na manhã de hoje (23), em Salvador