Cidade

Salvador está entre capitais que mais aumentaram malha cicloviária em 3 anos

A cidade de São Paulo é a que possui a maior malha cicloviária do país: 498,4 km, sem contar os 120 km de ciclofaixas de lazer, montadas apenas aos domingos e feriados. O Rio aparece na segunda posição (441,1 km). A capital federal Brasília está na terceira colocação (420,1 km). Salvador, por sua vez, aparece em 7º lugar no ranking. [Leia mais...]

[Salvador está entre capitais que mais aumentaram malha cicloviária em 3 anos]
Foto : Max Haack/ Agecom

Por Lorena Dias no dia 18 de Fevereiro de 2017 ⋅ 18:41

Em três anos, a malha cicloviária das capitais do país mais que dobrou de tamanho. Segundo levantamento realizado pelo G1 junto às prefeituras de 26 cidades e ao governo do Distrito Federal, hoje são 3.009 km de vias destinadas às bicicletas. Em 2014, eram 1.414 km. Agora, as ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas correspondem a 2,8% da malha viária total dos municípios (108.720 km).

A cidade de São Paulo é a que possui a maior malha cicloviária do país: 498,4 km, sem contar os 120 km de ciclofaixas de lazer, montadas apenas aos domingos e feriados. O Rio aparece na segunda posição (441,1 km). A capital federal Brasília está na terceira colocação (420,1 km). Fortaleza, com 204,6 km, e Curitiba, com 204,2 km, completam a lista das cinco mais. Macapá é a cidade com a menor malha (11,9 km). Salvador, por sua vez, aparece em 7º lugar no ranking. Segundo o levantamento, a capital baiana possuiu um percentual de apenas 2% de bicletas em relação aos carros. Por aqui, o número de pessoas para cada quilometro de malha cicloviária é 20.249. 

Notícias relacionadas