Cidade

MP recomenda limitação da Guarda e secretário comemora: "Costumam confundir"

Na última segunda-feira (20), o Ministério Público da Bahia expediu uma recomendação de limitação da atuação da Guarda Municipal no Carnaval de Salvador [Leia mais...]

[MP recomenda limitação da Guarda e secretário comemora:
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 21 de Fevereiro de 2017 ⋅ 08:43

Na última segunda-feira (20), o Ministério Público da Bahia expediu uma recomendação de limitação da atuação da Guarda Municipal no Carnaval de Salvador. No documento assinado pelos promotores Valmiro Macêdo, Isabel Adelaide Moura e Rita Tourinho, o MP recomenda que os Guardas Municipais se limitem a atuarem de forma preventiva, não realizando abordagens aleatórias de pessoas, exceto em casos de conflito, briga ou em caso de risco à população e aos próprios integrantes do órgão. 

Em entrevista à Rádio Metrópole nesta terça-feira (21), o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, comemorou a limitação da atuação da Guarda. “Eu tenho um respeito muito grande pela Guarda municipal, trabalhamos juntos. Mas a definição do papel da Guarda é importante, as pessoas costumam confundir a Guarda com a Policia. O MP foi feliz em adequar isso ai. Fazer o papel da Policia Militar fazia uma confusão e desvirtuava o papel da Guarda. Espero que a gente consiga, a cada vez mais, intensificar essa parceria”, disse. 

O Jornal da Metrópole já mostrou, por diversas vezes, os casos de violência envolvendo agentes da Guarda Municipal de Salvador. Somente até dezembro de 2016, agentes da Guarda já tinham se envolvido em oito casos de agressão, abuso de poder e até mesmo homicídio. O caso mais recente foi o assassinato do dançarino Marcelo Tosta, de 37 anos, durante uma festa no Coliseu do Forró. 

 

Notícias relacionadas

[Ônibus bate em poste na Avenida Heitor Dias]
Cidade

Ônibus bate em poste na Avenida Heitor Dias

Por Juliana Almirante no dia 22 de Outubro de 2019 ⋅ 06:34 em Cidade

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) ainda não tem informações sobre a batida