Cidade

Avenida ACM é liberada após protesto contra a Reforma da Previdência

Depois de quatro horas de protesto, na manhã desta quarta-feira (15), a Avenida Antonio Carlos Magalhães, em Salvador, começou a ser liberada. O grupo, que protestou contra as reformas trabalhista e da Previdência, ocupava todas as faixas da via no sentido Avenida Luiz Viana Filho, a Paralela. [Leia mais...]

[Avenida ACM é liberada após protesto contra a Reforma da Previdência]
Foto : Leitor/Metro1

Por Gabriel Nascimento no dia 15 de Março de 2017 ⋅ 11:48

Depois de quatro horas de protesto, na manhã desta quarta-feira (15), a Avenida Antonio Carlos Magalhães, em Salvador, foi liberada. O grupo, que protestou contra as reformas trabalhista e da Previdência, ocupava todas as faixas da via no sentido Avenida Luiz Viana Filho, a Paralela. À tarde, porém, está programada ainda outra manifestação — desta vez no Campo Grande, a partir das 15h.

Neste dia de protestos nacionais contra a mudança nas regras de aposentadoria, professores de escolas estaduais, municipais e particulares pararam, assim como funcionários dos Correios. Confira o guia completo.

Notícias relacionadas