Cidade

Vacinação contra febre amarela alerta para a redução na doação de sangue

Para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), com o aumento da procura por vacinas contra a febre amarela, os riscos para a redução de doação de sangue no estado são grandes. [Leia mais...]

[Vacinação contra febre amarela alerta para a redução na doação de sangue]
Foto : Alexandre Carvalho/A2 FOTOGRAFIA

Por Luiza Leão no dia 07 de Abril de 2017 ⋅ 17:14

Para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), com o aumento da procura por vacinas contra a febre amarela, os riscos para a redução de doação de sangue no estado são grandes.

A explicação é simples. O indivíduo imunizado precisa aguardar 30 dias para poder realizar a doação de sangue, orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde.

Ao G1, a diretora de Hemoterapia da Fundação Hemoba, Iraildes Santana, explicou a proibição. \'Essa vacina é uma vacina de vírus vivo atenuado\'. Dessa maneira, de acordo com Iraildes, pode haver transmissão. Portanto, o doador precisa ficar afastado no período de quatro semanas.

O Hemoba se preocupa com a chegada dos feriados de Tiradentes e Páscoa, épocas em que a circulação nas estradas são maiores e os acidentes acontecem com frequência, carecendo do sangue nos estoques.

Notícias relacionadas