Cidade

Policiais Civis se reúnem em protesto ao Governo do Estado nesta terça-feira

Nesta terça-feira (11), investigadores, escrivães, delegados e peritos da Polícia Civil e Técnica da Bahia realizam Assembleia Conjunta promovida pelo SINDPOC, ASSIPOC e AEPEB para discutir as próximas ações da categoria frente à ausência de resposta do Governo do Estado em relação ao Ante-Projeto de Reestruturação das Carreiras. [Leia mais...]

[Policiais Civis se reúnem em protesto ao Governo do Estado nesta terça-feira]
Foto : Reprodução/AscomPC

Por Yasmin Garrido no dia 10 de Abril de 2017 ⋅ 14:32

Nesta terça-feira (11), investigadores, escrivães, delegados e peritos da Polícia Civil e Técnica da Bahia realizam Assembleia Conjunta promovida pelo SINDPOC, ASSIPOC e AEPEB para discutir as próximas ações da categoria frente à ausência de resposta do Governo do Estado em relação ao Ante-Projeto de Reestruturação das Carreiras. A reunião acontece no auditório da Associação dos Funcionários Públicos (AFPBA), das 9h às 12h.

De acordo com a categoria, o ante-projeto foi entregue à Secretaria da Administração (SEAB) em outubro de 2016 e a última assembleia realizada aprovou uma paralisação de 24 horas, ocorrida em 2 de dezembro do ano passado. As prinicipais reivindicações do ante-projeto consistem na efetivação da Aposentadoria com Integralidade e Paridade, gratificação dos servidores que fazem Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado, reestruturação salarial de todas as carreiras da Polícia Civil com base na complexidade e responsabilidade da investigação criminal e promoção interna.

O Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, destacou que a Assembléia vai reunir todas as carreiras da Polícia Civil para traçar novas lutas, fazer esclarecimentos sobre o andamento do Ante-Projeto e mobilizar a categoria para pressionar o governador Rui Costa. \'Até o momento, não tivemos nenhuma posição da gestão governamental. Não deram nenhum retorno a categoria\', disse.

Na última semana, a categoria se reuniu com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Ângelo Coronel, que considerou a proposta dos policiais coerente e assumiu o compromisso de fazer a indicação ao Governador Rui Costa. \'O Governador precisa se manifestar e nós não vamos ficar de braços cruzados”, consluiu Maurício.

Notícias relacionadas