Cidade

'A solução é deixar o carro em casa', diz Frabrizzio Muller sobre congestionamentos de Salvador

O superintendente da Transalvador esteve na Rádio Metrópole nesta quarta-feira (12) e, durante entrevista no Jornal da Cidade II Edição, ele cravou que a real solução para o trânsito de Salvador é a utilização de menos carro pela população. [Leia mais...]

['A solução é deixar o carro em casa', diz Frabrizzio Muller sobre congestionamentos de Salvador]
Foto : Tácio Moreira /Metropress

Por Laura Lorenzo e Luiza Leão no dia 12 de Abril de 2017 ⋅ 18:04

O superintendente da Transalvador esteve na Rádio Metrópole nesta quarta-feira (12) e, durante entrevista no Jornal da Cidade II Edição, ele cravou que a real solução para o trânsito de Salvador é a utilização de menos carro pela população e a incorporação dos transportes públicos no cotidiano dos soteropolitanos.

'A solução definitiva e final é você deixar o carro em casa e utilizar o transporte público, que tem melhorado. O que aconteceu no Brasil foi que o transporte público ficou parado por 40 anos, a indústria automobilística teve força. Temos o problema cultural que é o carro. Não basta só ter um transporte público eficiente, é preciso que haja uma cultura para isso', afirmou.

Segundo Muller, o problema da capital baiana é, também, cultural. 'Se nós tivéssemos, hoje, um trânsito perfeito como o de Londres, ainda haveria problemas', disse. 

De acordo com o superintendente, contudo, o metrô deverá ajudar a diminuir o número de carros nas ruas da cidade. 'O transporte público vem evoluindo. Não conseguimos observar uma melhora rápida, mas gradual. O próprio metrô vai ajudar, outros modais vão ajudar', disse.

Notícias relacionadas