Cidade

Polícia descobre onde Facção do Bonde do Maluco faz desova das vítimas

Após a decoberta do local de desova dos corpos das vítimas da Facção Bonde do Maluco, no bairro de Cajazeiras XI, em Salvador, nesta quinta-feira (13) policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciaram uma operação para resgatar e identificar as pessoas. [Leia mais...]

[Polícia descobre onde Facção do Bonde do Maluco faz desova das vítimas]
Foto : Divulgação

Por Yasmin Garrido no dia 13 de Abril de 2017 ⋅ 14:46

Após a decoberta do local de desova dos corpos das vítimas da Facção Bonde do Maluco (BMD), no bairro de Cajazeiras XI, em Salvador, nesta quinta-feira (13) policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciaram uma operação conjunta com o Corpo de Bombeiros e com a Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP) para resgatar e identificar as pessoas.

Na última terça (11) a polícia prendeu o integrante da quadrilha responsável por ocultar os corpos. Carlos Santos da Anunciação, de 31 anos, o “Buza”, ainda traficava drogas e recolhia dinheiro para outro traficante, Railson Couto dos Santos, o “Penga”, detido no mesmo dia.

A BDM surgiu no complexo prisional da Mata Escura, como uma ramificação da facção Caveira. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a intenção da facção era de aumentar o poder sobre a área de atuação dos caveiras que ficava em pontos estratégicos como Cajazeiras, subúrbio ferroviário e Região Metropolitana. 

Notícias relacionadas