Cidade

Unidades de emergência e hospitais são alvo de inspeção surpresa da Sesab

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, iniciou no último sábado (8), uma série de inspeções, com o objetivo de verificar as condições de atendimento da população em unidades de saúde do Estado, além de fiscalizar o cumprimento das escalas dos profissionais e conferir o bom funcionamento [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Sesab

Por Gabriel Nascimento no dia 09 de Agosto de 2015 ⋅ 18:00

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, iniciou no último sábado (8), uma série de inspeções, com o objetivo de verificar as condições de atendimento da população em unidades de saúde do Estado, além de fiscalizar o cumprimento das escalas dos profissionais e conferir o bom funcionamento dos equipamentos de imagem na capital baiana.

Durante visita as unidades de emergência de São Caetano, Pirajá, Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cabula, o secretário identificou que 30 pacientes já tinham recomendação de alta mas permaneciam internados, aguardando apenas a realização de um exame de ressonância magnética. "A solução definitiva é acelerar o processo de implantação dos equipamentos da Parceria Público-Privada (PPP) de Imagem nos hospitais da capital e interior. Teremos equipamentos novos de raio-x, mamógrafo, tomógrafo e ressonância", afirmou o secretário.

"Em Salvador, o parque de imagem será atualizado nos hospitais Roberto Santos, Geral do Estado, Ernesto Simões, Octávio Mangabeira, além do Centro Estadual de Oncologia", ressaltou. Foi identificado também, a necessidade de maior interação entre a UPA do Cabula e o HGRS. As inspeções sem aviso prévio às unidades, serão uma rotina e podem ocorrer em qualquer dia da semana.

Notícias relacionadas

[Morre reverendo Enoch Sena Souza]
Cidade

Morre reverendo Enoch Sena Souza

Por Juliana Almirante no dia 22 de Julho de 2019 ⋅ 08:09 em Cidade

Fundador do Colégio São Paulo, educador havia concedido entrevista à Rádio Metrópole, em junho deste ano, quando contou a sua trajetória