Cidade

Marinha diz que inquérito será aberto para apurar incidente em Catamarã

Após o catamarã “Farol do Morro” que fazia a linha Salvador-Morro de São Paulo ter inclinado e ter ficado com o motor inoperante, na manhã desta segunda-feira (11), na Baía de Todos-os-Santos, a Marinha do Brasil, por meio de nota, afirmou que um inquérito será instaurado para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido. [Leia mais...]

[Marinha diz que inquérito será aberto para apurar incidente em Catamarã]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 11 de Setembro de 2017 ⋅ 18:47

Após o catamarã “Farol do Morro” que fazia a linha Salvador-Morro de São Paulo ter inclinado e ter ficado com o motor inoperante, na manhã desta segunda-feira (11), na Baía de Todos-os-Santos, a Marinha do Brasil, por meio de nota, afirmou que um inquérito será instaurado para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido. A informação inicial é de que o equipamento teria se chocado com uma baleia ao sul da Ilha de Itaparica, na altura da praia de Cacha-Prego, mas a Marinha não confirmou. Ninguém ficou ferido.

De acordo com a Marinha, a Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) recebeu um pedido de socorro de passageiros e assim que acionado, o Serviço de Busca e Salvamento Marítimo do Leste (Salvamar Leste), operado pelo Com2ºDN em Salvador, enviou ao local do incidente o Navio-Patrulha “Guaratuba” e duas embarcações da CPBA. Ainda de acordo com a Marinha, após ter sido encontrado, o catamarã foi escoltado pelas embarcações da MB até o terminal náutico de Salvador, onde os 26 passageiros que estavam no equipamento desembarcaram por volta das 13h.

Notícias relacionadas

[Vacina de Oxford contra a Covid-19 será testada em Salvador]
Cidade

Vacina de Oxford contra a Covid-19 será testada em Salvador

Por Kamille Martinho no dia 10 de Julho de 2020 ⋅ 17:20 em Cidade

Os 5 mil voluntários que serão selecionados devem ter entre 18 a 55 anos, pessoas que tenham uma alta exposição ao vírus, além de não terem sido contaminados até agora