Cidade

Caso Emanuel e Emanuelle: júri popular de Kátia Vargas é adiado para 5 de dezembro

O júri popular da médica Kátia Vargas -- acusada de provocar o acidente que matou os irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias --, inicialmente agendado para o dia 7 de novembro, foi adiado para o dia 5 de dezembro deste ano.[Leia mais...]

[Caso Emanuel e Emanuelle: júri popular de Kátia Vargas é adiado para 5 de dezembro]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 03 de Outubro de 2017 ⋅ 17:39

O júri popular da médica Kátia Vargas -- acusada de provocar o acidente que matou os irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias --, inicialmente agendado para o dia 7 de novembro, foi adiado para o dia 5 de dezembro deste ano. De acordo com o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), a mudança na data da sessão do julgamento da médica foi feita a pedido do advogado da acusada. A decisão foi proferida pela juíza Gelzi Maria Almeida Souza, titular do 1º Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri. 

Na solicitação de adiamento, o advogado de Kátia Vargas afirma que participará de um julgamento que será realizado pela Corte Federal de Justiça Americana, em Nova Iorque, no dia 6 de novembro e por isso não poderá estar presente em Salvador na data agendada. O julgamento acontecerá às 8 horas, no Fórum Rui Barbosa.

O caso

O caso aconteceu no dia 11 de outubro de 2013, em frente ao Bahia Othon Palace, na Avenida Oceânica, em Salvador, após uma discussão de trânsito entre Kátia e um dos irmãos que estavam em uma moto. Após a desavença, a médica perseguiu os jovens e atingiu o veículo com o carro que ela dirigia. Depois do acidente, Kátia Vargas ficou presa por 2 meses no Presídio Feminino de Salvador, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, por homicídio triplamente qualificado. Atualmente ela responde o processo em liberdade. 

Notícias relacionadas