Cidade

Suspeitos morrem após tiroteio no bambuzal do aeroporto de Salvador

Uma ocorrência policial travou o trânsito na região do Aeroporto Internacional de Salvador no fim da tarde desta segunda-feira (9). Segundo informações preliminares, uma troca de tiros entre policiais e bandidos foi registrada na avenida Tenente Frederico Gustavo dos Santos, que dá acesso aos bambuzais. [Leia mais...]

[Suspeitos morrem após tiroteio no bambuzal do aeroporto de Salvador]
Foto : Leitor Metro1

Por Matheus Simoni e Laura Lorenzo no dia 09 de Outubro de 2017 ⋅ 17:58

Uma ocorrência policial travou o trânsito na região do Aeroporto Internacional de Salvador no fim da tarde desta segunda-feira (9). Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), uma troca de tiros entre policiais e bandidos foi registrada na avenida Tenente Frederico Gustavo dos Santos, que dá acesso aos bambuzais. 

Diversas viaturas da Polícia Militar foram enviadas ao local, juntamente com equipes da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Dois dos suspeitos morreram na troca de tiros. 

Foragido da Justiça, responsável por roubos a bancos, homicídios e tráfico de drogas, Diego Ferreira Figueredo, mais conhecido como ʹAçúcarʹ voltou de São Paulo e tentou sair do Aeroporto Internacional de Salvador, quando foi interceptado por equipes da Força-Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, Batalhão de Choque, Esquadrão Águia e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Um comparsa de Diego, que recebeu Diego em um veículo Agile branco, reagiu à abordagem policial e foi baleado. 

Os dois não resistiram aos ferimentos e morreram a caminho do Hospital Menandro de Farias. Com eles foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e uma pistola. Segundo a SSP, Diego integra a quadrilha que tem como um dos líderes Vinicius Barcellar, conhecido como ʹFofãoʹ, capturado na capital paulista. Ele será conduzido à Salvador nesta terça-feira (10). Em agosto, outros dez criminosos da mesma quadrilha foram presos em uma megaoperação na região metropolitana de Salvador e em Aracaju.

Notícias relacionadas