Cidade

Bellintani descarta problemas com salitre em Centro de Convenções: "Nenhuma estrutura metálica"

Durante entrevista a Lara Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (23), o secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Guilherme Bellintani, falou sobre o Centro de Convenções de Salvador que será construído pela Prefeitura na área do antigo Aeroclube. [Leia mais...]

[Bellintani descarta problemas com salitre em Centro de Convenções:
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 23 de Outubro de 2017 ⋅ 11:38

Durante entrevista a Lara Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (23), o secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Guilherme Bellintani, falou sobre o Centro de Convenções de Salvador que será construído pela Prefeitura na área do antigo Aeroclube. O projeto foi classificado pelo secretário como "audacioso e de curto prazo". "Ele é o suficiente para absorver toda a demanda de Salvador. Será um dos dez maiores centros do Brasil e o terceiro maior municipal", contou.

"Já está tudo pronto, terreno plano, pronto. Vai ser muito rápido e vai ficar pronto no máximo em janeiro de 2019. Teremos capacidade para até 14 mil pessoas, em um evento formato de convenção. Não há registro em Salvador nos últimos 20 anos de algo assim", acrescentou. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto (DEM) durante uma coletiva de imprensa no restaurante Boi Preto.

De acordo com Bellintani, o equipamento não sofrerá com salinidade. "Visitamos vários centros, não só no Brasil. Conversamos com técnicos do mundo inteiro. Não vai ter estrutura metálica nenhuma. Se a gente não fizesse isso, o destino da Orla seria um deserto, e não é justo", concluiu. Ao todo, serão R$ 93 milhões investidos.

Veja vídeo:

Notícias relacionadas