Cidade

Dauster anuncia adiamento de mudanças em linhas de ônibus metropolitanos: "Confusão boba"

O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster foi entrevistado na Rádio Metrópole nesta terça-feira (24), e anunciou que as mudanças de itinerários de dez linhas de ônibus da Região Metropolitana de Salvador (RMS), previstas para acontecerem na próxima quarta-feira (25) serão adiadas para a próxima segunda-feira (30).[Leia mais...]

[Dauster anuncia adiamento de mudanças em linhas de ônibus metropolitanos:
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Paloma Morais no dia 24 de Outubro de 2017 ⋅ 19:54

O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster foi entrevistado na Rádio Metrópole nesta terça-feira (24), e anunciou que as mudanças de itinerários de dez linhas de ônibus da Região Metropolitana de Salvador (RMS), previstas para acontecerem na próxima quarta-feira (25) serão adiadas para a próxima segunda (30). De acordo com Dauster, o adiamento se deu por conta de uma "confusão boba", em que houve uma "impressão por parte de usuários e rodoviários de que havia supressão de linhas". Conforme ele, os dias a mais darão a oportunidade de "permitir uma melhor comunicação" com a população.

O secretário ainda explicou como será feito, agora, o itinerário das linhas. "Uma racionalização de itinerários de dez linhas metropolitanas que entram em Salvador pela orla e depois continuam o trajeto delas pela Avenida Luiz Viano Filho, a Paralela, ou em direção passando pela Rodoviária e indo até o Acesso Norte. Essa racionalização faz parte da reestruturação que estamos implantando e que vamos implantar em todo o sistema, com a criação de anéis etc", contou.

Segundo o secretário, a alteração tem como objetivo beneficiar a população com a melhoria na mobilidade. "Se passava um ônibus a cada dez minutos vai passar um ônibus a cada 5. Não tem sentido que o metrô leve o passageiro rapidamente a cada 5 minutos e depois ele fique esperando meia hora num ponto de ônibus. Então, por isso, estamos reduzindo o tempo entre cada frequência. Os ônibus que circulam pela orla vão continuar, apenas onde eles entravam pela Paralela. Eles vão permitir a integração numa estação de metrô e vão voltar para a orla ou para a região metropolitana de Salvador. Então, o tempo de viagem fica muito mais curto", disse.

Ele ainda negou boatos de que a reestruturação implique em desemprego dos motoristas. "O que temos dito e repito é que esta reestruturação cada vez que implica na redução do tempo de viagem não vai significar que aquele motorista vai ser desempregado. Significa apenas, que em vez de ter uma frequência, aquele ônibus no mesmo trecho passa a ter 2 frequências", garantiu.

Notícias relacionadas

[Salvador recebe Semana do Clima; veja programação]
Cidade

Salvador recebe Semana do Clima; veja programação

Por Metro1 no dia 19 de Agosto de 2019 ⋅ 11:20 em Cidade

Evento reúne líderes, formuladores de políticas, atores regionais e globais para discutir ações climáticas para a América Latina e o Caribe