Cidade

Av. Suburbana tem longo congestionamento por causa de protesto; veja trânsito

Duas manifestações estão travando o trânsito na cidade baixa. Segundo a Transalvador, o primeiro protesto acontece na avenida Afrânio Peixoto, a Suburbana, na entrada do bairro de São João do Cabrito. Ainda não se sabe o motivo, mas os manifestantes estão ateando fogo em objetos, bloqueando o tráfego nos dois sentidos. [Leia mais...]

[Av. Suburbana tem longo congestionamento por causa de protesto; veja trânsito ]
Foto : Reprodução/Record TV Itapoan

Por Cristiele França no dia 26 de Outubro de 2017 ⋅ 13:04

Duas manifestações estão travando o trânsito na cidade baixa. Segundo a Transalvador, o primeiro protesto acontece na avenida Afrânio Peixoto, a suburbana, na entrada do bairro de São João do Cabrito. Ainda não se sabe o motivo, mas os manifestantes estão ateando fogo em objetos, bloqueando o tráfego nos dois sentidos. Viaturas da 14ª Companhia Independente da Policia Militar (14ªCIPM), bem como agentes da Transalvador estão no local. No entanto, o engarrafamento já atinge a rua Barão de Cotegipe, na Calçada. 

Também na avenida Afrânio Peixoto, mas no bairro de Paripe, cerca de 50 estudantes realizaram um protesto, pedindo a saída de um dos vigilantes da Instituição. De acordo com o Centro de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública (Cicom/SSP), eles também colocaram fogo em pneus e outros objetos, mas agora há pouco, com a chegada da 19ª Companhia Independente da Policia Militar (19ª CIPM) o movimento foi finalizado e o transito, que ainda está lento, liberado na subida que dá acesso a Escola de Menor.

Por volta das 14h30 as duas situações haviam sido resolvidas e o trânsito comaçava a ser normalizado na via, apresentando apenas uma pequena lentidão no sentido Paripe da avenida, ainda em reflexo das manifestações, mas com o fluxo quase normal para o horário.

Notícias relacionadas

[Ônibus voltam a circular no bairro de Santa Cruz]
Cidade

Ônibus voltam a circular no bairro de Santa Cruz

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Agosto de 2019 ⋅ 12:03 em Cidade

Veículos deixaram de entrar na localidade na noite de ontem (15), quando homens armados invadiram uma casa e fizeram moradores reféns por mais de uma hora