Cidade

‘Aulão Enem 100%’ será realizado nesta quarta na Concha Acústica do TCA e terá transmissão pela TVE

Um aulão de revisão de assuntos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), promovido pela Secretaria da Educação do Estado, será realizado nesta quarta-feira (1º), das 17h às 21h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. [Leia mais...]

[‘Aulão Enem 100%’ será realizado nesta quarta na Concha Acústica do TCA e terá transmissão pela TVE]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais no dia 30 de Outubro de 2017 ⋅ 17:45

Um aulão de revisão de assuntos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), promovido pela Secretaria da Educação do Estado, será realizado nesta quarta-feira (1º), das 17h às 21h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. A expecativa da pasta é que cinco mil estudantes de 110 escolas de Salvador estejam presentes no ‘Aulão Enem 100%’, que será transmitido, ao vivo, pela TVE Bahia, canal 10.1.

A iniciativa contará com a presença do professor Jorge Portugal e de professores convidados, que trarão dicas de como evitar o nervosismo e melhorar a assimilação dos conteúdos nesses dias que antecedem o Enem, que será realizado nos dias 5 e 12 de novembro. As participações dos cantores Margareth Menezes e Adelmario Coelho e dos atores Sulivã Bispo e Thiago Almasy, do Frases de Mainha, compoõem a programação do evento.

A ação integra o projeto Enem 100%, que, de acordo com o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, vem sendo desenvolvido durante o ano nas escolas, com aplicação de simulados, correção de redações, aulões com especialistas, e outras atividades. “Além de todo o trabalho que é feito pelos nossos professores em sala de aula, a Secretaria também tem buscado meios para ampliar a preparação dos nossos estudantes. Podemos citar, por exemplo, os mais de cinco mil conteúdos digitais educacionais que disponibilizamos no Portal da Educação e a parceria que firmamos com a empresa Liceu Virtual, a operadora OI e a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), disponibilizando o acesso à plataforma Edux para mais de dois mil estudantes de dez escolas da capital”, afirmou.

Notícias relacionadas