Cidade

Mesmo sem acidentes, retenção aumenta em vias como Paralela e ACM

A retenção aumentou na avenida Luis Viana Filho, a Paralela, para quem segue em direção à Rodoviária, afetando a Avenida Edgard Santos e a Rua Silveira Martins, no Cabula, mas, segundo a Transalvador, o problema é só por causa da movimentação do horário. O congestionamento segue pelas avenidas Tancredo Neves e ACM, que também está congestionada nos sentidos Lucaia e Rótula do Abacaxi, principalmente nas imediações do Detran. [Leia mais...]

[Mesmo sem acidentes, retenção aumenta em vias como Paralela e ACM]
Foto : Leitor Metro1

Por Cristiele França no dia 31 de Outubro de 2017 ⋅ 08:42

A retenção aumentou na avenida Luis Viana Filho, a Paralela, para quem segue em direção à Rodoviária, afetando a Avenida Edgard Santos e a Rua Silveira Martins, no Cabula, mas, segundo a Transalvador, o problema é só por causa da movimentação do horário. O congestionamento segue pelas avenidas Tancredo Neves e ACM, que também está congestionada nos sentidos Lucaia e Rótula do Abacaxi, principalmente nas imediações do Detran.

Também há congestionamento na Avenida Heitor Dias, assim como na Via Expressa, sentido Cidade Baixa, nos dois sentidos da Av. San Martin, e na Avenida Engenheiro Oscar Pontes, perto da Feira de São Joaquim. Outros pontos de lentidão são a Rua Oswaldo Cruz, no Rio Vermelho, e a Rua Caetano Moura, na Federação.

Notícias relacionadas