Cidade

Secretaria abre sindicância para apurar denúncia de descarte irregular de remédios

Secretário municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues Alves conversou com Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (7), sobre o descarte irregular de medicamentos em um posto de saúde do Calabetão, em Salvador. [Leia mais...]

[Secretaria abre sindicância para apurar denúncia de descarte irregular de remédios ]
Foto : Reprodução/Bocão News

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 07 de Novembro de 2017 ⋅ 07:43

Secretário municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues Alves conversou com Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (7), sobre uma denúncia de descarte irregular de medicamentos em um posto de saúde do Calabetão, em Salvador. De acordo com moradores, a unidade não fornecia os remédios solicitados, mas "jogou fora" vários que estavam fora do prazo de validade na última segunda-feira (6). A divulgação foi feita pelo Bocão News.

De acordo com o chefe da pasta, uma sindicância vai apurar o caso. "Eu fui surpreendido com essa notícia. O distrito sanitário tem uma farmacêutico responsável, ele guardou tudo isso por um ano para jogar tudo fora. Eu resolvi abrir uma sindicância para apurar isso. Temos que saber se ele recebeu medicação vencida também", disse.

"O que se colocou é que durante o período, o posto foi acumulando uma série de medicamentos estragados e esses medicamentos não foram descartados. Para você descartar você tem que ter uma justificativa. É comum recebermos doações de medicamentos próximos ao prazo de vencimento. Quando isso é identificado, o material é disponibilizado para fazer a devolução", explicou.

Notícias relacionadas