Cidade

Vandalismo gera gasto de R$ 40 mil por mês à gestão municipal

Os atos de vandalismo em equipamentos instalados nas praças públicas de Salvador provocam um gasto de R$ 40 mil por mês à prefeitura da capital. [Leia mais...]

[Vandalismo gera gasto de R$ 40 mil por mês à gestão municipal]
Foto : Bruno Concha/ Secom

Por Luiza Leão no dia 16 de Novembro de 2017 ⋅ 17:55

Os atos de vandalismo em equipamentos instalados nas praças públicas de Salvador provocam um gasto de R$ 40 mil por mês à prefeitura da capital. De acordo com a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (DESAL), órgão vinculado à Secretaria de Manutenção (Seman), cerca de 20% das praças e espaços públicos recuperados ou construídos havia sofrido alguma ação de vandalismo, até dezembro do ano passado.

A Praça Nossa Senhora da Luz, na Pituba, foi um dos locais que sofreram com o vandalismo, que destruiu os aparelhos de academia, assim como a Praça da Matriz, em São Cristóvão, que também teve aparelhos semelhantes roubados.

Em nota, a prefeitura afirmou que os equipamentos serão substituídos por materiais mais resistentes. Segundo o presidente da Desal, Marcílio Bastos, os equipamentos que já fazem parte do pacote antivandalismo não têm passado por depredações como os anteriores. \"Eu faço um apelo à população para que continue sendo parceira dessa transformação da cidade, proporcionada pela devolução dos espaços públicos e que reflete também no aumento da segurança pública\", disse.

Notícias relacionadas