Terça-feira, 27 de julho de 2021

Cidade

Mortes no trânsito caem mais da metade e Salvador atinge meta da ONU

De acordo com superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, estão sendo considerados apenas índices alcançados desde a implantação do Programa de Redução de Acidentes de Trânsito. [Leia mais...]

Mortes no trânsito caem mais da metade e Salvador atinge meta da ONU

Foto: TV Bahia

Por: Alexandre Galvão no dia 17 de março de 2018 às 12:00

O número de mortes por acidentes de trânsito caiu 51% em Salvador, entre 2012 e 2017. Levantamento da Transalvador mostra que, em 2012, foram registrados 247 óbitos nas vias, contra 120 em 2017. Com a redução, a capital baiana atinge, três anos antes, a meta estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para a Década de Ação pela Segurança no Trânsito (2011-2020), de diminuição de mortes em 50%, até 2020.

De acordo com superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, estão sendo considerados apenas índices alcançados desde a implantação do Programa de Redução de Acidentes de Trânsito. Houve ainda queda de 37% do total de acidentes contabilizados com vítimas, mortas e feridas, se comparado ao mesmo período: em 2012, foram 6.827 e, no ano passado, 4.277. Não foi diferente com o número de pessoas feridas, que apresentou diminuição de 25% entre 2012 (6.962) e 2017 (5.023).

Como resultado, houve ainda a redução de mortes por 100 mil habitantes, índice utilizado mundialmente, passando de 9,11, em 2012, para 4,06 em 2017. Toda essa redução acontece a despeito do aumento da frota de veículos da cidade, que subiu de cerca de 820 mil veículos para quase 960 mil no mesmo período.

Mortes no trânsito caem mais da metade e Salvador atinge meta da ONU - Metro 1