Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

Trecho da BR-324 acumula mais de 500 pontos de escuridão total

Quantas vezes você já foi de Salvador até Simões Filho, viaBR-324, no escuro? E em zigue-zague para desviar dos buracos? Se a resposta for “várias vezes”, bem-vindo ao clube! A principal ligação entre a capital e as cidades do interior do estado é, novamente, o centro das atenções por dois problemas em especial: a falta de iluminação e os buracos [Leia mais...]

[Trecho da BR-324 acumula mais de 500 pontos de escuridão total]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 26 de Abril de 2018 ⋅ 14:21

Quantas vezes você já foi de Salvador até Simões Filho, viaBR-324, no escuro? E em zigue-zague para desviar dos buracos? Se a resposta for “várias vezes”, bem-vindo ao clube! A principal ligação entre a capital e as cidades do interior do estado é, novamente, o centro das atenções por dois problemas em especial: a falta de iluminação e os buracos.

Esta semana, a Metrópole recebeu inúmeras queixas de motoristas prejudicados com a atual situação da rodovia, de responsabilidade da concessionária Via Bahia. Gente que, com razão, questiona a cobrança dos R$ 5,10 no pedágio para cada condutor – dinheiro que, na teoria, deveria bancar a manutenção da via. De acordo com levantamento feito pela Prefeitura de Salvador, são 535 pontos apagados só no trecho entre o Acesso Norte o município da Região Metropolitana.

“Não dão a mínima para a iluminação”
Indignado com o valor do pedágio, um ouvinte de prenome Totó lembrou que há muito tempo o cenário é o mesmo e sugeriu ações mais céleres da Via Bahia. Ele explicou que a falta de luz durante à noite aumenta o risco de acidentes. “Eles não dão a mínima para a iluminação da BR-324. Dizem que é por furto, então por que não colocam a rede por via aérea”, reclamou.

Via Bahia afirma reparo
Procurada, a Via Bahia argumentou que a escuridão é causada pelo “furto constante de cabos de energia”. A concessionária afirmou ainda que iniciou os reparos este mês e que, ao menos, R$ 4 milhões serão investidos. Não foi dada uma previsão para que todo o trecho esteja devidamente iluminado.

 

Notícias relacionadas